Translate

quarta-feira, dezembro 12, 2007

Este é o nosso ABRAÇO

Queridos Padrinhos

Os dias vão correndo e nós aproximando-nos do Natal. Nas digressões pelas leituras que aproveitamos para fazer nesta altura encontramos um livro de Vasco Pinto de Magalhães "Não há soluções, há Caminhos". Consiste num compêndio de mensagens para cada dia do ano. A que escreveu para hoje diz-nos assim:
"Todos desejamos a paz e por isso nos alegramos com as tréguas. Mas as tréguas são ainda perigosas. Podem ser tempo de recarregar munições. É assim entre os povos e as pessoas: param para procurar a palavra ou o gesto que vai ferir. A paz não é só baixar os braços. É abraçar, buscar o que liga e o que constroi pontes entre os homens."
Obrigada por esse grande abraço que nos dão, permitindo assim construir essa ponte entre nós e os habitantes de Inharrime. É lindo e digno de se registar. É por isso que aqui vão mais 16 das nossas crianças como prova deste vosso abraço e como forma de vos abraçar também.
135. Manuel Vitorino


136. Marcelino Júlio


137. Maria das Rosas

138. Narna Feliciano

139. Matilde João

140. Melinhas Eugéneo

141.Mércio Faustino

142. Miguel Eduardo

143. Milton Bento

144. Miranda Adérito

145. Mirézia Adérito

146. Mourina Xavier

147. Naira Inocêncio Cumbe

148. Narcência António Nhalungume

149. Nastaine António

150.Nataniel Zefanias
Fique bem e um grande abraço.
KANIMAMBO

1 comentários:

Hermínia disse...

MUitos Parabéns a todos os que trabalham para esta grande obra. O meu contributo é minimo mas sinto-me feliz por fazer parte desta grande familia.A minha migalha é parca mas é de muita boa vontade e sempre ajuda um pouquinho uma obra que começou do nada e hoje quando vemos a grandiosissimo do feito fica-se simplesmente abismado.Aqui se vê como o poder e o querer com fé, do nada se constrói um império.Kanibambo a todos vós e principalmente para a nossa grande empreendedora Irmã Lucília.Muita força.Sei que não é nada fácil pedir ,mas quando se pede com fervor tudo é fácil como se vê.Gracias.Herminia Catoja